SHOPPING PARALELA PROMOVE CAMPANHA #TODOS POR ELAS

Para ajudar a reduzir os impactos da pobreza menstrual e mudar a realidade de muitas mulheres e meninas de Salvador, o Shopping Paralela alerta para a falta de acesso a produtos de higiene íntima com a campanha #TodosPorElas. A ação também é realizada nacionalmente pela Saphyr Shopping Centers, que engajou todos os seus empreendimentos a se tornarem pontos de arrecadação de absorventes.

Em Salvador, o ponto de arrecadação no Shopping Paralela fica no Piso L1, no corredor da C&A, em frente à Viva Gula. A campanha #TodosPorElas vai durar todo o mês de outubro e o centro de compras é parceiro do grupo Oxente Meninas (@oxentemeninasgirlup), integrante do movimento global Girl Up Brasil da Fundação das Nações Unidas, voltado à igualdade de gênero. Os absorventes arrecadados serão doados para a ONG Mini Gentilezas, responsável pela distribuição para projetos que ajudam pessoas em situação de rua.

“A pobreza menstrual atinge milhões de meninas brasileiras que não têm acesso a produtos de higiene íntima, mas o assunto passou a ser discutido a pouco tempo. Os impactos dessa pobreza refletem no dia a dia dessas garotas que, muitas vezes, faltam à escola, e reforçam a desigualdade social entre homens e mulheres no Brasil”, comenta a gerente de Marketing do Shopping Paralela, Renata Sousa. A presidente do Oxente Meninas, Gabriela Cattai, diz que “a campanha #TodosPorElas visa sensibilizar as pessoas a ajudarem a reduzir o problema”.

De acordo com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), mais de 4 milhões de meninas brasileiras não têm acesso a itens de cuidados menstruais e uma a cada 10 deixa de assistir aulas quando está menstruada. Outra pesquisa, realizada pelo Girl Up Brasil, que já apoiou mais de 150 grupos de meninas em mais de 20 estados somente no Brasil, aponta que uma a cada quatro adolescentes brasileiras não tem condições financeiras de comprar absorventes.

O resultado da pobreza menstrual é o abandono das atividades do dia a dia, menor aprendizagem e, consequentemente, menor qualificação profissional na fase adulta, além dos impactos emocionais, como timidez e insegurança. Para dar mais visibilidade ao assunto, as redes sociais do Shopping Paralela vão divulgar informações, que também podem ser obtidas pelo site https://portuguese.girlup.org/.

Siga as nossas redes sociais!

Mais Recentes

CONTATO

Fale conosco!

Copyright 2021 © AC COMUNICAÇÃO | Todos os Direitos Reservados