Práticas sustentáveis na construção civil contribuem de forma significativa na economia de água

Nesta terça-feira, 22 de março, está sendo celebrado o Dia Mundial da Água. A data simboliza a luta de todo o planeta em prol do consumo consciente do bem natural mais precioso. Sua importância é tão grande, que o incentivo às boas práticas de economia e reaproveitamento da água se prolonga por todos os dias do ano, mobilizando todos os setores produtivos da sociedade em torno do assunto, o que inclui a construção civil.

Com o intuito de reduzir o consumo dos recursos naturais e contribuir positivamente para o meio ambiente, a Moura Dubeux implantou na sua gestão a NBR ISO 14001, que busca minimizar, proteger e controlar impactos negativos no meio ambiente. Utilizando como exemplo ações concretas. Em Salvador, o edifício Mansão Bahiano de Tênis foi o primeiro residencial do Nordeste a obter o selo AQUA-HQE de sustentabilidade, em 2020. “Esse certificado internacional declara que aquela construção possui alta qualidade ambiental. Além disso, todos os nossos empreendimentos lançados na capital baiana, desde de 2019, possuem certificação do IPTU Verde da Prefeitura de Salvador”, destaca o coordenador de qualidade e meio ambiente da incorporadora, Romário Xavier.

Além do reaproveitamento de água

Em parceria com a empresa Raízen, uma das maiores empresas nacionais de energia limpa, a Moura Dubeux está implementando em seus projetos o plano de transição da matriz energética. Na prática, nos empreendimentos será possível a implementação de várias fontes de energia renováveis, como a energia solar, de biomassa ou eólica. “Nosso papel, nesse processo, é dar visibilidade a essa iniciativa e estimular outras empresas a fazer o mesmo”, destaca Diogo Martins, Gerente de Inovação da incorporadora.

Com o propósito de alinhar cada vez mais o dia a dia corrido da cidade com a natureza, o Vivant Caminho das Árvores, novo empreendimento lançado pela Moura Dubeux, no bairro do Caminho das Árvores, contará com um mini bosque exclusivo, onde o verde é protagonista. O morador terá um caminho repleto de experiências em que a sensação de proximidade com a natureza se dará por meio de um paisagismo ecológico, com espécies nativas da mata atlântica, incluindo árvores frutíferas e plantas de variadas cores que atrairão pássaros e polinizadores para o empreendimento, e dará, ainda, acesso à Praça Aquarius.

Falando especialmente sobre a compra de produtos, a Moura Dubeux em seus projetos, vem privilegiando a compra de mercadorias vindas de fornecedores em conformidade com o Programa Setorial da Qualidade (PSQ). Torneiras e chuveiros com arejadores, que introduzem bolhas de ar no jato d’água, fornecendo a sensação de maior volume, reduzindo respingos e consequentes desperdícios, são exemplos. “O mais interessante é que estimulamos boas práticas também dos futuros moradores, que são orientados, através do manual do proprietário, a adquirirem produtos que consomem pouca água”, completa Romário Xavier.

E para engajar e informar aos seus colaboradores sobre a importância de economizar água, gerar menos resíduos e compartilhar ações ecologicamente corretas, a Moura Dubeux realiza treinamentos periódicos de conscientização com os próprios funcionários, com palestras, workshops e atividades práticas demonstrativas.

Mais Recentes

CONTATO

Fale conosco!

Copyright 2021 © AC COMUNICAÇÃO | Todos os Direitos Reservados